Friday, November 25, 2005

Birth of FSFLA

During the 5tas Jornadas Regionales del Software Livre, that took placein Rosario, Argentina, the founding members of FSFLA Free SoftwareFoundation Latin America took the first formal steps to the Foundation'slegal constitution, joining the network of Free Software Foundations.

During its Founding Assembly, the Council of Administration of FSFLAdesigned as President Federico Heinz, as Secretary Alexandre Oliva andBeatriz Busaniche as Treasurer, constituting the Executive Council ofthe new organization. The other members of the Council ofAdministration are Enrique A. Chaparro, Mario M. Bonilla, Fernanda G.Weiden and Juan José Ciarlante.

The official launch of the new organization was attended by thePresident of Free Software Foundation Europe, Georg Greve.

FSFLA is the fourth Free Software Foundation in the network, started in1985 with the Free Software Foundation by Richard M. Stallman, laterjoined by Free Software Foundation Europe and India.

Tuesday, November 1, 2005

Joining you

Today is the first day of work on organizing my stuff here in Brazil in order to move to Zurich.

I'm a bit sad about being not close anymore (at least physically) of my friends of FSFLA, but also it's exciting to know that I'll be joining another group. Usually I don't unjoin the groups I enter, so I plan to keep working mainly to FSFLA, but it will be impossible to not participate and get involved on FSFE activities.

I hope to meet you folks around there to get some beers and share experience on how to help to save the world :)

I Google

Depois de um ano e três meses trabalhando na IBM Brasil, fui convidada para trabalhar no Google, na Suíça. Estou indo pra Europa na metade de dezembro, e começo a trabalhar no começo de janeiro.

A sensação que isso causa é muito estranha. Sinto um frio na barriga que não passa mais, um nervosismo, a vontade que isso aconteça hoje e a vontade que o dia não chegue nunca.

Por um tempo, quando comecei a trabalhar na IBM, pensei que eu ficaria lá para sempre. Ou ao menos por vários anos. Adorei todo o trabalho que eu fiz por lá, os amigos, tudo. Foi muito bom pra mim entender como uma empresa grande como a IBM funciona, olhando de dentro pra fora. Uma experiência que eu não tenho como quantificar.

A parte legal de mover é que isso também serve de desculpa para reunir os amigos. Alguns que você vê muito, outros que quase não vê em função da correria permanente, viagens, tudo. Enfim, então vamos a festa!

Estarei na festa do CONISLI, no Salamandra, para me despedir dos meus amigos, espero que vocês tenham possibilidade de aparecer.

Friday, September 23, 2005

Oficina Debian -- é amanhã!

Finalmente mais um filho nasce... :)

A Oficina Debian Paulista desse ano foi uma super piração minha e do fatalerror. Ainda não acredito que esteja tudo se encaminhando pra normalidade.

O fatal tá indo instalar as máquinas na Anhembi. Eu vou ajudá-lo no final da tarde, depois do horário de trabalho.

Bom, pelo menos meu estômago parou de doer hoje, parece que voltou ao normal. Espero que sim...Isso significa que vou poder tomar cerveja e tudo na festa da Oficina amanha ;)

Tuesday, September 13, 2005

Desinformedia

Achei muito engraçada uma matéria sobre a petição[0] feita para saída do Ministro Helio Costa do Ministério das Comunicações. Na matéria, o jornalista diz que é uma atividade do Projeto Software Livre Brasil e ridiculariza o abaixo-assinado.

Eu jamais assinaria uma petição pedindo exoneração de um ministro por causa do Software Livre, porque entendo a complexidade de um governo e não crio ilusões de que o presidente iria acordar um dia e falar "nossa, ele não apoia o Software Livre, vamos trocá-lo", mas também não faria uma matéria falando sobre isso com tanta informação ridícula.

Então, para quem não sabe, vamos esclarecer os fatos: A petição nunca foi uma iniciativa do Projeto Software Livre Brasil, até porque o PSL Brasil não existe como organização, e por isso não tem posições oficiais. Esta foi uma iniciativa de pessoas que trabalham ou trabalhavam próximos ao Projeto GESAC, e acabaram recebendo apoio de algumas pessoas que participam do PSL Brasil. Não todos, e creio que a minoria dos assinantes da lista do PSL Brasil.

Entidade é o que se vê em terreiro de batuque. O PSL Brasil não é uma entidade. E se fosse, garanto que puxaria o pé desse jornalista.

Segundo aquele burro do Aurélio, conhecem? O cara aquele que escrevía dicionários, entidade significa:

1) Aquele ou aquilo que tem existência distinta e independente, quer real, quer concebida pelo espírito; ente; ser.
2) Sociedade ou associação juridicamente constituída para um determinado fim.

Tem várias outras definições, mas acho que ainda vale citar:

6) Bras. Rel. Ser espiritual passível de devoção como p. ex., orixá, vodum, inquice, caboclo, preto-velho, etc.

Hehehe, infelizmente não seguimos os requisitos.

Aqui está o começo da thread[1] na lista do PSL Brasil. Qualquer pessoa com primeira série do primeiro grau supostamente é capaz de ler isso. Espero que o autor da matéria também seja, e procure melhorar um pouquinho pras próximas.

Ah, aliás...mais informação: o portal do PSL Brasil é um agregador de notícias e também criamos conteúdo baseado nos acontecimentos relacionados a SL, temos o cuidado de publicar e respeitar todas as manifestações públicas e democráticas, mas não quer dizer que organizamos todas as atividades que estão divulgadas ali, apenas informamos que elas estão acontecendo.

Espero que os leitores deste blog sejam capazes de, depois do que eu disse, concluir que eu não estou prestando esclarecimento em nome do projeto já que o projeto não se posiciona oficialmente, nem "baixou" o preto-velho do PSL Brasil em mim. Estou apenas tirando um sarro.

Não sei se a criatura é jornalista, mas se for, recomendo passadinha no link [2].

[0] http://www.petitiononline.com/helcosta/petition.html
[1] http://listas.softwarelivre.org/pipermail/psl-brasil/2005-August/004925.html
[2] http://www.aureliogalvao.jor.br/etica/etica1.htm

Agora sim! Cadeira elétrica!

Bom, como eu não poderia deixar de registrar, meu artigo também foi publicado no Linux Weekly News.

Recebi muitos feedbacks legais, mas tenho certeza que isso é porque alguns invejosos brasileiros não descobriram ainda que o artigo existe...

Monday, September 12, 2005

Welcome back to the real world

Bom, tudo bem denovo comigo. Minha recuperação foi ótima e em poucas horas estarei de volta ao trabalho. Se é que posso dizer que tive muito descanso :)

Passei este tempo tentando fazer as coisas que usualmente não tenho tempo. Este final de semana ainda teve manutenção na people e agora que eu to conseguindo respirar aliviada: Marcha Mundial das Mulheres, PSL-Mulheres e o meu site, todos no ar novamente.

Ah, depois de meses, finalmente foi publicado o artigo que a PJ me pediu no Groklaw. Enjoy!

Espero que ninguém diga que desta vez eu também escrevi pensamento dos outros. Acho que uma das acusações mais ridículas que eu já recebi foi "foi você quem escreveu, mas as idéias eram minhas". Um dia eu publico no meu blog o log inteiro dessa conversa, e vocês vão rir muito e entender muita coisa que andou acontecendo nos últimos tempos.

Mas pensantes de plantão, fiquem sossegados que minha bola de cristal está desligada para manutenção!

Quando eu estava na Bolívia, o Paulino me mostrou um post no seu blog que achei maravilhoso. Dizia algo que "vocês podem me odiar ou me amar, mas estejam preparados porque ambas filas são longas."

Achei isso muito legal. Então se você me ama, ou se você me odeia, let me know. Acho que meus próximos posts serão dedicados a pessoas que me amam, e pessoas que me odeiam.

Sunday, September 11, 2005

New article and other stuff..

Pamela Jones just published today one article written by me about women in Free Software at Groklaw.

Well, after a long time without post anything here, I'm back. I promisse that it will not take so long until I post here a bit more of my crazy thinks and adventures.

After a weekend with people (the psl's server) in maintance, I'm finishing to put my personal website back online, and few more websites which I maintain.

Loooooong day doing that, now I think I'll go bed (actually I'm seated on my bed right now). Ok, go sleep then.

Tuesday, August 23, 2005

Ah, esqueci de falar da tal coluna!!!

Então galerinha, vou ter um lugar a mais para escrever sobre as esquisitisses que me rondam o cérebro. É que a PC Master vai publicar mensalmente uma coluna sobre a FSFLA, FSFs em geral e Software Livre.

Então preparem-se...em breve, estarei em uma banca de revistas perto de vc :-D

Mais uma viagem se aproxima...

Bom, depois de passar exatos 31 (não acredito! 1 mes!!!) dias em casa, nesta quinta-feira próxima pego a estrada novamente para minha próxima aventura: Congreso Nacional de Software Libre da Bolívia, em Cochabamba. A Loimar já chegou lá e parece que tá arrancando os cabelos por causa da palestra.

Bom, meus slides como sempre ficam prontos: ou no avião, na ida, ou nos 60 minutos que antecedem a palestra. Ainda tenho que descobrir qual será o idioma da palestra, seria útil para uma força-tarefa de tradução.

Dizem que o tal deserto do sal é lindo, acho que vou passar o final de semana lá depois do evento, se não for muito longe.

Tanta coisa acontecendo...

Também na semana que vem tem o evento de Ourinhos. A Alessandra me pediu para bater o record de palestras por minuto, então parece que vou dar duas palestras num dia só, já que no dia seguinte estarei no hospital. Sim, no hospital.

Além de tudo isso, minha mamãe vai vir a São Paulo para me acompanhar na primeira cirurgia da minha vida. Parece que nos últimos dias não tenho mais conseguido pensar em nada que não seja a tal maldita cirugia.

Espero ter tempo de postar alguma coisa antes de ir pro hospital e ficar doente sem internet por um tempo, se não, e se eu não postar mais...pode ter certeza que é porque eu enchi o saco finalmente de ter um blog. Se você ainda tem esperança de se livrar de mim, seja paciente que vaso ruim não quebra fácil :)

Sunday, August 14, 2005

Dona

Ontem eu estava no Barnaldo Lucrécia com Barba, Delphus e mais uma pessoa que eu não lembro o nome, e tocou a música Dona. Uma vez, ano passado, meu amigo Marcostas disse que ele lembrava de mim quando ouvia essa música, agora sou eu que lembro dele cada vez que ouço :)

Dona desses traiçoeiros
Sonhos, sempre verdadeiros
Oh Dona desses animais
Dona de seus ideais
Pelas ruas onde andas
Onde mandas todos nós
Somos sempre mensageiros
Esperando tua voz
Teus desejos, uma ordem
Nada é nunca, nunca é não
Por que tens essa certeza
Dentro do teu coração
Tan, tan, tan, batem na porta
Não precisa ver quem é
Pra sentir a impaciência
Do teu pulso de mulher
Um olhar me atira à cama
Um beijo me faz amar
Não levanto, não me escondo
Porque sei que és minha
Dona...
Dona desses traiçoeiros...
Sonhos sempre verdadeiros...
Não há pedras em teu caminho
Não há ondas no teu mar
Não há vento ou tempestade
Que te impeçam de voar
Entre a cobra e o passarinho
Entre a pomba e o gavião
Ou teu ódio ou teu carinho
Nos carregam pela mão
É a moça da cantiga
A mulher da criação
Umas vezes nossa amiga
Outras nossa perdição
O poder que nos levanta
A força que nos faz cair
Qual de nós ainda não sabe
Que isso tudo te faz
Dona, Dona...

Sushi

Depois de séculos que eu tinha combinado com o Rodrigo e a Bruna que faríamos um sushi na casa deles, acabamos marcando para hoje, e não é que deu certo mesmo?

Encontrei a Bruna lá pelo meio dia e fomos rumo a Liberdade para comprar as tranqueiras necessárias, depois passamos no Extra para comprar peixe e começar os trabalhos.

Passamos o tempo todo cozinhando e papeando, e no final, pasmem, saiu sushi mesmo!!!!!!!!!

E modéstia parte, a sushi girl aqui não esqueceu ainda do curso de culinária japonesa que eu fiz há séculos atrás.

Em breve estarão disponíveis fotos, para provar que eu não estou mentindo. Afinal, qualquer pessoa que me conheça ao menos um pouco sabe que meus dotes culinários são mínimos :)

O Spy apareceu lá, meio atrasado, mas conseguiu comer também. Quase que não sobrou nada pra ele...agora é se preparar para mais uma semaninha cheia de emoções e trabalho, e faculdade e sem tempo pra respirar.

Tuesday, August 9, 2005

Quando a palavra falha, a música fala...

Beber pra esquecer é teimosia
Hoje muito whisky, muita alegria,
Amanhã ressaca, saco de gelo
O bar não é doutor que cure a dor de cotovelo

A dor pra curar não tem receita
É corcunda que se deita
Sem achar a posição
E sentir saudade não faz mal
Não é no fundo do copo
Que você vai encontrar sua moral

Beber pra esquecer...

OBS.: A música chama "Dor de Cotovelo"

Tuesday, July 26, 2005

Relato - PSL Mulheres em Montreal

Durante o FISL 2005, em Porto Alegre, tive a oportunidade de conhecer as pessoas que integraram a caravana vinda do Canadá, em espcial a Lia Talbot, que inclusive já morou no Brasil e fala português muito bem. Conversamos muito sobre o Projeto Software Livre Mulheres, sobre o que estávamos fazendo ali, durante o FISL (O 2o Encontro Mulheres e Software Livre), e participei também de uma pesquisa que estava sendo feita sobre o Projeto Software Livre Brasil.

Conversando com ela, comentei que eu estaria no Canadá entre os dias 19 e 24 de julho em função do evento Ottawa Linux Symposium, que é um evento focado em Linux (sim, o kernel) conhecidamente técnico e de muito alto nível.

Então ela sugeriu que poderíamos marcar alguma atividade sobre o tema Mulheres e Software Livre em Montreal, no dia 24. Eu adorei a idéia, e logo em seguida recebi e-mails com press release, informações de lugar, tudo certinho para minha ida para lá.

Então, no dia 24 de julho participei de um evento chamado Femmes at Logiciels Libres - Mulheres e Software Livre em Montreal, do qual participei contando um pouco da minha experiência na comunidade, de pessoa técnica, mulher e com uma boa visão política do movimento. Tenho que admitir que enquanto algumas pessoas adoram bradar aos quatro ventos que odeia política, eu me orgulho de ter essa visão e poder debater temas que vão um pouco além de Debian versus Slackware.

Contei a respeito do começo do meu envolvimento, como surgiu o PSL Mulheres, as reuniões solitárias Fernanda e Loimar em Porto Alegre nos poucos dias que eu tinha para ficar por lá, já que naquela época eu morava em Porto Alegre.

Também sobre os projetos nos quais participamos, o site da Marcha Mundial, o Telecentro Feminista, o Encontro de Mulheres no FISL, e agora o Plano de Inclusão Digital para a SPM e também o 10o Encontro Feminista, do qual provavelment faremos o website para publicação de notícias e fotos.

Fui também questionada sobre vários assuntos, como a criação de grupos femininos na comunidade, criação de guetos, grupos locais versus grandes grupos internacionais. Minha opinião a respeito:

Acho que um grupo feminino que exista na comunidade, para não se transformar num gueto precisa ter um papel muito bem definido, e não pode repetir um espaço que já existe pelo simples fato de querer criar um mundo da Barbie, onde as mulheres ficarão entocadas, e separadas do resto da comunidade Software Livre para sempre. Os grupos femininos tem que trabalhar de acordo com políticas afirmativas de inclusão, com objetivos claros e ações bem definidas, o que é o caso do Debian Women por exemplo.

O fato do Debian Women existir não vai fazer com que as mulheres nunca mais tenham que conviver os homens que são 99,5% dos participantes do projeto, mas sim fazer com que pessoas mais dispostas a ajudar, ensinem o caminho das pedras para que o segundo passo não seja mais um problema porque as mulheres possuirão informação suficiente sobre o projeto e o trabalho que fazem para que ele seja feito com o resto do grupo, ou apesar dele. Depois que você já conhece os procedimentos, regras e atividades do Debian, a integração com o resto fica mais facilitada porque você sente mais segurança.

Sobre a criação de grupos regionais versus grupos internacionais, eu acredito que grupos articulados internacionalmente, principalmente com objetivos globais como o PSL Mulheres, refletiriam uma visão global dos problemas, o que resultaria em propostas mais eficientes e independentes de contextos locais. Estas propostas poderiam sim ser adaptadas às realidades locais, mas o trabalho feito pelo coletivo seria muito menor.

Me surpreendi ao final de tudo na sessão de perguntas, quando Lia me perguntou o que eu achava a respeito da criação de um coletivo como o PSL Mulheres em Montreal. Eu simplesmente AMEI a idéia.

Então várias outras coisas pintaram na minha mente, como a criação de uma lista em francês ou inglês, e reuniões mensais via irc que seriam em inglês, onde tod@s possam participar e trocar experiências sobre as atividades dos grupos em cada localidade, e também discutir os projetos que não são regionalizados.

Durante o OLS, depois da sessão do Debian Women, eu conheci uma mulher chamada Orna (eu acho) que também se mostrou muito interessada em participar das discussões.

Assim que meu computador voltar a funcionar, eu coloco no ar fotos do evento, e também o áudio da minha sessão.

Sunday, July 17, 2005

Women and Free Software Meeting in Montreal

I had the opportunity to meet some people from Montreal last FISL, and then I told them I would be going to Ottawa this month. Well, they organized a Women and Free Software Day in Montreal, next 24th. I really liked the press release, in which they say being planning to start a PSL Mulheres like group in Montreal.

That would be really, really great!

*Women and Free Software*

On Sunday July 24th 2005, Fernanda Weiden will be of passage in Montreal to open a meeting on the topic of "Women and Free Software". The event will be organized by FACIL, pour l'appropriation collective de l'informatique libre, the Koumbit network, the Laboratoire de Communication Médiatisée par Ordinateur (LabCMO) and Communautique.

The coming of Fernanda Weiden, activist within the Free Software community in Brazil since 2002, has inspired the topic of this conference. Involved in organizing the first women and free software meeting of Brazil in 2003, she has since founded "Projeto Software Livre-Mulheres", a project having the objective to work along organizations of women in order to debate their needs and their participation in the domain of information and communication technologies (ICT) and particularly of free software. Her contribution falls under a process of social integration in the field of free software in Brazil. Her participation in the Debian project (GNU/Linux distribution) and in the "Free Software Foundation of Latin America" will open the meeting on her experience in Latin America.

This event is actually the first step of a medium term objective to create a "Women and Free Software" collective in Montreal. This will be an occasion to gather the people of Quebec interested to participate in its creation. During the presentation, the participants will have the opportunity to determine the stakes of free software through these topics: women and the development of free software, women and the access to training for ICT, social and digital integration, participative uses (network citizens and solidarity) and appropriation models of free software, concerns of the social environment and paradigms of local development. The presentation will be followed by a roundtable where our guests invested in different domains (development, education and IT in Quebec) will share their experience. There will also be a discussion and presentation of books and documents about free software.

The "Women and Free Software" day will be held on Sunday July 24th 2005, between 12h and 16h. The meeting will take place at the Café Utopik, 552 Sainte-Catherine East near Berri-UQAM metro. For more information, please visit the website of the event:

http://femmes.informatiquelibre.info

This event will be also the occasion to discuss the workshops and presentations for the SQIL, Semaine Québécoise de l'Informatique Libre, which will be held between November 12th and 20th 2005:

http://sqil.info

Lia Talbot: 514-948-6644 #227 - lia@communautique.qc.ca;Valérie Dagrain: 450-646-7522 - vdagrain@free.fr

Back to Sao Paulo...

Finally I'm back home after 25 days in Germany. No words to say how cool was my trip.

I would like to thanks all the FSFE people for being so cool with me during LinuxTag. I really hope that FSFLA will have a really united team as you have. Well, we are working for it...

Also, my time in Hamburg was really, really great. The Hamburg's channels were really great, 200Km/h in the Autobanh by motorcycle also cool.

I really enjoyed each of all the minutes I spent there.

Europe is just like we see in movies here. Everything is so organized that made me feel looking to a picture, or watching a movie. And clean! Well...excluding the ice cream guy caring the waffer without protection in the hands and caring the money with the same hand (bleh!).

Besides, here in Brazil...Ministers being changed, Paulista Ave completly destroyed after a football game last week (and the team won the competition), workers party having their directors changed. I don't need to talk about traffic jam and polution, do I?

I really hope to have the opportunity to move to Recife, Salvador or any other city where the sea would make me forget about the problems around :)

Now, time to organize the stuff to get the flight to Ottawa tomorrow. Next adventure: Ottawa Linux Symposium.

Friday, July 15, 2005

Relato da Viagem -- Uma brasileira perdida no velho mundo por 25 dias

Pois é galerinha, depois de tanto tempo sem postar, estou de volta a terra brasilis e agora sim mando meu relato da viagem.

Depois do evento em Karlsruhe, tomei rumo para o lab da IBM em Boeblingen. Boeblingem fica exatamente no meio do lugar nenhum. Lugar perfeito para um lab, já que tudo que as pessoas vão fazer é trabalhar :)

Mas não posso dizer que eu achei alguma das cidades (poucas, em realidade) que visitei eram feitas. Elas eram todas limpinhas, organizadas e com arquiteturas bem diferentes das cidades brasileiras.

Hamburgo é uma cidade linda, tem mais pontes do que Veneza, Londres e mais uma cidade JUNTAS! Impressionante! O mais legal é ver como os Hambugers (como se chama quem é de Hamburgo?!?!?!?) ou Cheeseburgers ou batata fritas realmente aproveitam a cidade.

Os canais são lindíssimos!!! Você pode alugar uma canoa e sair passeando por eles, remando, remando...é super romântico. E no final do dia, como todo bom geek você ainda pode conversar com seu(ua) namorado(a) sobre como o mundo é melhor depois que inventaram o motor à combustível para barcos :)

Passamos umas 4 horas passeando pelos canais, tirando fotos, tudo lindo!

Outra coisa marcante: 200Km/h em cima de uma motocicleta. É verdade!!! Mas o melhor de tudo é que ao contrário do que você deve estar pensando agora, ninguém ultrapassou o limite de velocidade, porque ele não existe. Então se você morrer em um acidente, ninguém vai achar que você é um louco irresponsável fora-da-lei. Vão pensar que você gosta de aventura.

Quem me conhece de mais tempo sabe que eu A D O R O motos!

Restaurante indiano, coreano, comida japonesa, alemã (for sure)....acho que voltei uns 4 quilinhos mais gorda. Mas quem se importa com isso né? Ao contrário de muita gente eu posso comer a vontade, e to sempre com o mesmo corpinho de sempre...se é bom ou ruim é outro papo. Mas ser constante já é alguma coisa :)

Agora estou de volta a São Paulo, depois de 25 dias viajando com a sensação de "tava tão bom dormindo, tem mesmo que acordar?"...

Vendo o Jornal Nacional soube do que os São Paulinos fizeram na Avenida Paulista...."Welcome to Sao Paulo"!

Fotos em: http://people.softwarelivre.org/~fernanda/fotos/hamburgo/

Ok, mudei a cara do site...

Hoje é um dia bom pra postar um monte no site. Finalmente tirei a foto da República das Bananas da capa do meu site, porque a diretiva das patentes de software foi rejeitada na Europa. O que me deixa feliz, e preocupada. Porque o Escritório de Patentes Europeu anda emitindo patentes de Software, a revelia da decisão da Convenção de 1973, que dizia que software não era patenteável na Europa.

Então temos um problema a ser resolvido ainda, já que dizer que as patentes de Software não existem seria boa coisa somente se esse querido escritório de patentes estivesse agindo de acordo com o planejado...

Enfim, mas acho que pelo menos aumenta o tempo para bolarmos a grande resistência.

Segue release da FSF Europe sobre o caso, traduzido por mim.

*********************************************************

FSFE:Europa diz não as patentes de software

Após anos de trabalho, o Parlamento Europeu finalmente rejeitou a diretiva de patentes de software com 648 de 680 votos: Um sinal forte contra a lógica das patentes de software, um sinal de perda de fé na União Européia e a necessidade clara de mudança na política do Escritório de Patentes Europeu (EPO): o EPO deve parar de emitir patentes de software hoje.

"Esta decisão não afeta as patentes de invenções de alta tecnologia", explica Stefano Maffulli, representante italiano da FSFE: "Invenções tecnológicas sempre foram patenteáveis, e mesmo que a diretiva tivesse sido aprovada com todas as emendas, da mesma forma continuariam patenteáveis. É importante destacar isso porque os proponentes da lógica das patentes de software tentaram confundir as pessoas sobre invenções de alta tecnologia como meta desta diretiva."

Georg Greve, presidente da FSFE adiciona: "O parlamente entendeu isso quando escreveu a primeira ementa durante a primeira leitura da diretiva, deixando invenções de alta tecnologia dentro e software fora do sistema de patentes."

"Infelizmente, o conselho da União Européia ignorou esta decisão do parlamento e removeu estas emendas. Muitos membros do parlamento europeu desanimaram perante esta óbvia corrupção no processo democrático naquela época, e parece que perderam a esperança em ver as emendas serem tratadas com mais respeito desta vez."

"A rejeição da diretiva seria o último recurso para o envio de um claro e forte sinal contra as patentes de software na Europa, " e Greve continua. "A Free Software Foundation Europe concorda com o Parlamento Europeu em sua decisão: como forma de defender os interesses harmonicamente nós preferiríamos a aprovação da diretiva com as adições da primeira leitura, mas nós entendemos que a rejeição vem como única opção real para evitar danos irreparáveis na economia Européia."

Jonas Öberg, vice-presidente da FSFE: "Isto reafirma a Convenção Européia de Patentes de 1973, que exclui a patenteabilidade do software. O Escritório de Patentes Europeu tem ignorado o tratado desta concenção e concedeu cerca de 30.000 patentes de software nos últimos anos: isto deve parar hoje! O EPO não deve ter poder de ignorar estas políticas Européias!"

Georg Greve explica a proposta da FSFE: "Muitos problemas foram causados pela inabilidade da União Européia em lidar com o Escritório de Patentes Europeu que tem agido a revelia das políticas acordadas na Europa, o EPO não é responsável pelas decisões que vem tomando. Nós propomos que se estabeleça um instrumento de supervisão do EPO que gerencie o escritótio e seja responsabilizado pelas decisões do EPO, e previna este tipo de degradação no sistema de patentes."

Tuesday, June 28, 2005

GNU/LinuxTag Pictures v.2

Just putted my GNU/Linuxtag's pictures in a web album....enjoy!

nanda's pictures

Monday, June 27, 2005

GNU/LinuxTag Pictures v.1

The funniest thing after a Free Software Meeting are the pictures...Bea just sent me her GNU/LinuxTag's pictures.

Well...i have to say that I'm still wondering why Fede was looking so sad when Georg(aka "The Colonialist") was talking about the FSF's network...

More URLs comming soon...

Friday, June 24, 2005

Women and Free Software....

I gave my talk at GNU/LinuxTag yesterday, and i think it was really good. I cannot say that my english was good also, but well...it's getting better...

I met some women who are working in the GNU/LinuxTag organization and also another women who works for the Green Party in Germany on gender issues and Free Software. One of the things that impressed me was about the few number of women participating in this meeting. I was really expecting to find more than in Brazil, once Germany is "first" world, and Brazil is the 51st in the UN Rancking on Gender GAP.

Well....today I'm catching up the e-mails that i didn't had the opportunity to read since I started to organize my trip to here. I got upset when I read one e-mail in the Debian Women mailing list with the subject: "Death To women's Rights (I am an male free software developer and I despise women's rights and your group)."

Sometimes people ask me why do the feminist groups exists in the Free Software Community. I'll start to point some URLs to mailing list archives, to answer these questions with some facts....

I'll try to contact Nils today and talk about the possibility to have a Women and FS focused meeting next year along with GNU/LinuxTag. I think it would be really interesting and also the only way to really get more women involved in Free Software events in Europe.

Monday, June 13, 2005

Next trip -- Karlsruhe/Germany

I'm really glad to know that my plan of attending for LinuxTag worked out, and now I'm just organizing the things around here for this long trip.

It will be my first time in Europe, and I'm really excited to know that I'll meet lots of friends there: Leon, Mako, Georg, Meike, Dalibor, Fede, Bea...that will make me feel less "out of place"...

I'll give a talk at LinuxTag with the same name than my blog here: Free Software with a Female touch, in which I'll talk about women's participation in technologies and in Free Software community, explaining a little deeply about two projects in which I'm working today: PSL Mulheres and Debian Women.

After LinuxTag, I'll finally meet the guys of LTC Germany, group that is working together with LTC Brazil in some projects.

Sure, I'm planning to bring some cachaça, once I could be in risk of being deported back to Brazil if I came in Karlsruhe without any bottle :)

Also, we'll have some FSFLA t-shirts available to sell.

Let's see if the people around there can have good parties for nerds like we have in our events here in Brazil :)

Friday, March 11, 2005

That I would be good

That I would be good
Even if I did nothing
That I would be good
Even if I got the thumbs down

That I would be good
If I got and stayed sick
That I would be good
Even if I gained 10 pounds

That I would be fine
Even if I went bankrupt
That I would be good
If I lost my hair and my youth

That I would be great
If I was no longer queen
That I would be grand
If I was not all knowing

That I would be loved
Even when I numb myself
That I would be good
Even when I am overwhelmed

That I would be loved
Even when I was fuming
That I would be good
Even if I was clinging

That I would be good
Even if I lost sanity
That I would be good
Whether with or without you