Saturday, April 28, 2007

Trip para machistas

Eu fiquei bem decepcionada ao comprar um exemplar da revista TPM no aeroporto de São Paulo, antes de embarcar de volta pra Suíça na semana passada. Acontece que, a revista que antes era feminista, cheia de crítica contra os padrões de belza impostos, machismo na sociedade, consumismo, revistinhas de criar mulheres dona de casa e escravas da moda e coisas do tipo, agora tem páginas e páginas de anúncio de roupas, com modelos posando pra fotos e seus respectivos preços.

Ridículo. É incrível como a busca desesperada por dinheiro em forma de anúncios acaba com uma publicação dessa. O mais engraçado é que a TPM é a versão feminina da Trip. E a Trip, por sua vez, não deixa de publicar uma página a menos de bunda ou par de peitos pra colocar preços de roupa no meio da revista. O que será isso? Enfim, me senti lendo a Capricho. Coitada da Fernanda Torres, personagem super interessante, sendo entrevistada numa ex revista-interessante, atual revista medíocre. Entrevista cheia de perguntas sobre família e filhos...

Faz eu lembrar da atual Presidente do Chile, Michelle Bachelet, sendo perguntada pela imprensa machista: "Como você pretende conciliar a vida de mãe e de Presidente?", e ela responde: "Se eu fosse um homem, você não me perguntaria isso."

Além disso, tem ainda direito à paginas com mais desenhos do que conteúdo, colunas sobre fazer colunas, entrevistas sobre como ser mãe, ser casada, ser tudo o que a sociedade impõe, e ainda foto de modelo semi-anorexa no anúncio da Zoomp. Bleh, que desgosto.

Viva a mediocridade, ao machismo e ao consumismo!

No comments: