Sunday, May 4, 2008

O que eu gostaria de ver no fisl10?


Desde que o último fisl terminou, tenho pensado muito no que eu gostaria de fazer para o fisl10. Então vou documentar aqui, e vamos ver se ano que vem, quando o fisl estiver acabado, poderei dizer que algumas dessas coisas foram feitas, ou se alguém me convenceu de fazer diferente.

1) Sessões técnicas mais longas. Seria muito bom que tivéssemos como 10 salas de aula, onde diferentes projetos de SL dariam oficinas de desenvolvimento. Andei conversando com o Theodore e o Randal, e acho que pelo menos uma de kernel e outra de Smalltalk vai pra frente certo. Queria ainda ver se temos como fazer oficinas de desenvolvimento Gnome, Kde (já tivemos este ano) e treinamentos de linguagens de programação. Seria muito bom se tivéssemos mais tempo para aprofundar as introduções dadas nos 50 minutos que os palestrantes tem.

2) Alojamento para estudantes. De alguma forma, temos que organizar alojamento de graça para estudantes que venham com as caravanas das universidades. Algo tipo um acampamento, ao estilo Campus Party, não sei ainda, mas tem que ter. Isso vai ajudar os estudantes em geral a poderem ir ao evento mesmo se não morem em Porto Alegre, porque não terão custos de hospedagem.

3) Proibição de uso de sistemas operacionais proprietários pelos palestrantes. Eu entendo que existem projetos de SL rodando em windows, e também sei que eles tem valor. Acho que excessões podem existir se for realmente importante. Porém a regra deve ser: se o coordenador de mesa/recepcionista ver que é windows ou mac, cancela a sessão. Acho que o fisl tá grande demais, e alguns valores as vezes acabam perdidos. Não podemos deixar a essência se desviar. O público talvez reclame, mas isso ajudará o entendimento do porque o fisl existe.

4) Revisar o processo da chamada para avaliações. Alguns avaliadores somente participaram do processo para ganhar entrada grátis no evento. Precisamos arrumar uma forma de atrair pessoas que se comprometam a fazer o fisl melhor, montar comitês internacionais para seleção de trabalhos de áreas específicas, esse tipo de coisa. Acho que a avaliação deste ano deixou um pouco a desejar. Mas também sei que as pessoas que fizeram parte dela legitimamente ajudaram muito. A participação da comunidade foi importante, precisamos aprimorar o processo.

5) Uma sala por trilha? Talvez se conseguíssemos acomodar todas as palestras de um assunto x em uma sala somente, facilitaria a vida de quem vem ao fisl com um objetivo/interesse em específico. Uma criatura poderia chegar pela manhã e dizer "vou passar o meu dia sentado na sala X, porque gosto do assunto a e b que estão sendo tratados lá".

Se eu conseguir fazer alguns desses pontos acontecerem, estarei feliz. Acredito que o fisl está amadurecendo, e crescendo muito como é óbvio. Precisamos ficar atentos aos valores que motivam nossa comunidade para que eles não se percam, e tentar aprimorar o nosso evento preferido. Eu tô fazendo a minha parte, e você?

Se eu quero ver o fisl10 com 10mil? Na realidade eu não quero. Quero ver um fisl10 com mais qualidade do que os anteriores, e grandes quantidades não refletem isso. Ah, e eu gostaria de ver uma equipe de temário igual essa aí da foto. Modéstia à parte, matamos a pau! :)

No comments: