Friday, January 16, 2009

Tourist traps (part 1)

O ser humano sempre impressiona, não? Uma das coisas que me impressionam quando eu viajo é a criatividade das pessoas que tentam ganhar dinheiro, de qualquer jeito, dos turistas que visitam os pontos turísticos mais populares do mundo. Então vou fazer uma trilha de posts somente sobre esse assunto. Divirtam-se, e caso nunca tenham experimentado alguma dessas (por vezes) amargas situações, prepare-se :)
  • Skip the line - Estávamos na fila para entrar no Coliseu, e muitas mulheres, a maioria jovens, bonitas falando em inglês com sotaque irlandês ou britânico chegavam perto de você e contavam como você poderia passar na frente de todo mundo, ganhar tempo, um tour de 40 minutos dentro do Coliseu e ainda um tour de graça pelo Palatino por somente 12 EUR por pessoa. Como seríamos um grupo, então ainda teríamos desconto de 2 EUR por pessoa no ticket. Então, como éramos 5 pessoas.... não aceitamos a oferta, entramos e adivinha? Lá dentro, os tours guiados, de 40 minutos, custam 4,50 EUR por pessoa, e o passeio no Palatino era de graça na compra do ticket para o Coliseu, para todo mundo.
  • Quando dissemos que não queríamos o tour, ainda na fila, elas começavam a ficar irritadas, e depois de um tempo o argumento era: "You came this far and will not understand what you're stepping on, without a guided tour, the Coliseum is just a pile of rocks" (você veio tão longe e não vai entender em cima do que você tá pisando, sem um tour guiado, o Coliseu nada mais é que um monte de escombros). Apelou né?
  • Happy New Year. A gift, take it! Agora é a vez da Fontana di Trevi. Estávamos lá, tirando fotos, felizes da vida, chega um homem e diz "feliz ano novo! pegue, é um presente!" e me atira 3 rosas na mão. Eu não tive opção, então segurei as rosas, mas tentei devolver e disse não obrigada. Ele meio que saiu, mas quando pensei que ele tinha mesmo ficado louco e me dado as flores, ele tinha ido em cima do Matt, um amigo que está viajando comigo, e falando "Some money, my friend." (algum dinheiro, meu amigo). Propositadamente, o cara que deu as flores estava tentando fazer isso escondido, super estranho. Quando ele viu que não ía conseguir nada de dinheiro, arrancou as flores da minha mão e atacou outros.
  • Would you like to sign up a petition against drugs? Era uma moça jovem. Eu disse que sim. Quando você começa a escrever seu nome no papel, vê que não era um abaixo assinado, é uma lista dizendo "eu também sou contra drogas, e doei X para a campanha", e elas pedem dinheiro. Enfim, marchamos com 1 EUR nessa.
  • Do you speak English? Muitas mulheres, todas vestidas iguais: saia longa, lenço na cabeça, em volta de quase todos monumentos de Paris. Elas chegam perto de você, perguntam se você fala inglês. Quando você diz que sim, elas abrem um papelzinho contando uma história triste, e pedindo o que??? Adivinha! Dinheiro :). Todo mundo agora responde "português" pra elas.
  • Achei um anel. Estávamos chegando na Torre Eiffel, quando um cara, que caminhava na direção oposta pra gente, se abaixa e fala "nossa, olha o que eu achei!". A gente olha na mão dele, ele tem um anel gigante, cor dourada, e diz "pode ficar pra você, não é meu". Ele testa o anel nas duas mãos, e não era mesmo dele o anel. Pelo menos não era ele quem estava usando. Aí ele entrega o anel na sua mão, e sai caminhando. Mas daí ele volta, e diz "já que eu estou deixando você levar o anel, você podia me dar uns 3 EUR pra um sanduíche". Quando ele disse isso, eu falei "então pega o anel, vende e come um sanduíche".
  • 1 Euro - Eiffel Tower. Muitos homens, com argolas gigantes, cheias de chaveiros da Torre Eiffel penduradas nelas, para vender. E torres de todos os tamanhos. Eles ficam gritando 1 Euro, 1 Euro, mas quando você chega perto, não consegue comprar mais que 2 chaveiros da torre por 2 EUR. Não se engane, o preço é 5 chaveiros por 1 EUR. É só não se deixar trapacear. As torres maiorzinhas, eles querem 5 EUR cada, mas o preço é 3 torres por 5 EUR.
  • I'm an artist! E o cara segura a ponta do nariz dele, e olha pra sua cara. Acho que ele queria fazer uma caricatura. Ele fazia exatamente o mesmo gesto para outras pessoas. Depois eu que sou estranha :)
  • Give me money, I have a cute animal, or many. Pessoas sentadas no chão, maltrapilhas, com animais muuuuuito bem cuidados e lindos, pedindo dinheiro. Decerto é pra pagar o pet shop, que aqueles bichinhos muito bem cuidados devem precisar.
  • Give me money. Eles não tem animais, nem olham pra sua cara, não dizem uma palavra sequer. Só estendem a canequinha. E tá sempre fazendo barulho de moedinha. Deve dar certo :)
Se tiver mais experiências do tipo, essa série de posts vai voltar :)