Monday, February 23, 2009

t-shirts

Have you ever bought a t-shirt with Chinese or Japanese characters in it? Have you ever wondered whether the writing in it makes sense at all? Or maybe it does make some sense, but it wouldn't really be the way Chinese or Japanese people would write something?

Well, I do not speak any Japanese or Chinese, but I think that's most likely the case. Why do I think that? I have been in Tokyo for the past week, and already spent 3 weeks here last year, and one of the things I've noticed is the funny t-shirt texts in English. Their knowledge of English language is probably close to our general knowledge of Japanese, so... you have a mess.

Things like "Behave me", or "All we need it love, is we need", or even "Laughing got tired", are very common here. I already got two of those shirts. They are awesome! :)

Thursday, February 19, 2009

Descansa coração

Cansei de tanto procurar
Cansei de não achar
Cansei de tanto encontrar
Cansei de me perder

Hoje eu quero somente esquecer
Quero o corpo sem qualquer querer
Tenhos os olhos tão cansados de te ver
Na memória, no sonho e em vão

Não sei pra onde vou
Não sei
Se vou ou vou ficar
Pensei, não quero mais pensar
Cansei de esperar
Agora nem sei mais o que querer
E a noite não tarda a nascer
Descansa coração e bate em paz

Wednesday, February 18, 2009

Minha primeira foto 3x4

Quando eu era bem pequena, tipo 3 ou 4 anos de idade, eu tinha uma amiga, inseparável. O nome dela é Clarissa. Eu não sei o sobrenome dela, naquela época, sobrenomes não eram importantes para mim.

Nós realmente éramos do tipo inseparáveis. Dançávamos juntas na sala da minha casa todas as músicas dos discos da Xuxa. E algumas vezes fazíamos o impossível para que nossas irmãs mais velhas nos levassem junto às festinhas de aniversário dos amigos. Brincávamos de boneca, e de amarelinha. A gente se divertia muito juntas.

Clarissa é sem dúvida grande parte das boas memórias que eu tenho da minha infância. 

Quando eu me mudei da casa onde morava, coincidentemente ao mesmo tempo que a família da Clarissa também estava se mudando, foi super difícil para mim. Eu lembro o quanto eu chorei porque eu sabia que a Clarissa não ía mais estar tão perto de mim, e por mais que a gente se esforçasse, não conseguiríamos manter nossa amizade.  

Eu me lembro de estar chorando, no colo da minha mãe, falando sobre isso, e minha mãe tentava me consolar, dizendo que poderíamos visitar uma a outra. Meu argumento era de que eu era pequena demais para andar de ônibus sozinha, e que por isso não poderia visitar Clarissa sempre que eu quisesse. Minha mãe disse que eu cresceria rápido.

Nesta época eu tinha 6 anos de idade. Eu estava mudando de colégio, em função da mudança de bairro, e tive que tirar fotos 3x4 para fazer meu cadastro na nova escola. Eu dei uma dessas fotos de presente para a Clarissa.

O tempo passou, e minha previsão se concretizou: eu e a Clarissa nunca mais nos vimos depois de mudar para nossas novas casas.

No ano de 2000, durante a campanha política do Tarso Genro para prefeitura, em Porto Alegre, eu estava trabalhando para o Correio fazendo inscrições do vestibular dentro de um curso pre-vestibular chamado Mauá, em Porto Alegre. Naquele dia, que não me lembro bem qual era, tinha uma palestra com o Tarso Genro lá no Mauá. E eu fiquei para assistir. 

Encerrada a palestra, eu encontrei um rosto conhecido no elevador. Olhei para aquela estranha, e falamos uma o nome da outra, ao mesmo tempo. Coisa de filme. Sim, era a Clarissa. Trocamos um abraço, e alguma informação de como a vida andava e tudo. Naquela época ela estava engajada como militante da UJS (União da Juventude Socialista), e eu, naquele tempo petista, fazia panfletagem e ia a inúmeros comíssios e passeatas fazendo campanha para Tarso.

Bom, isso é tudo o que sei sobre a nova (agora já velha) Clarissa.

Depois do abraço, e das fofocas, Clarissa abre a carteira dela e me mostra uma foto que ela carregava até aqueles dias consigo: minha primeira foto 3x4, Fernanda, desdentada, 6 anos de idade, vestindo uma camisa de listrinhas vermelha e branca. Eu não tenho nenhuma foto dela. Mas ainda tenho ótimas lembranças.

As vezes eu me pergunto o que aconteceu com ela, e também como é engraçado a maneira com que o destino traz e leva pessoas de nossas vidas.

Tuesday, February 17, 2009

Tem alguém em casa?

Uma das coisas que eu tenho percebido nesses poucos dias de Japão é que a Internet parece estar vazia por esses dias! A grande maioria das pessoas que eu conheço estão conectadas quando eu estou dormindo, ou vice-versa...

Boa desculpa para sentar a minha bunda na cadeira, e trabalhar um pouco. Vou tentar ser produtiva então. Não que eu normalmente não seja, mas é um novo estilo de trabalho. Sem piadinhas randômicas indo e voltando pelos tubos da Internet. Me sinto quase que como sozinha em casa, sabe? Provavelmente não, né? Quem se sente sozinho na Internet? Louca! :-P

Música. Tenho ouvido muita música por esses dias. Uma das novidades (para os meus ouvidos pelo menos) é Nine Inch Nails. Tem algumas coisas muito legais, muito fortes. Exemplo disso é uma música chamada Closer. Enjoy!

Sunday, February 15, 2009

Big foot

Well, as some people already know, I arrived in Tokyo last Saturday. The weather here is awesome, if compared to Zurich. I went out wearing just a t-shirt and jeans. No jacket, no hat. It gave me a weird feeling of freedom.

While organizing my luggage for my month-and-a-half long trip, I decided not to bring summer shoes, and thought it would be cool to buy some over here. I do have a pretty international wardrobe, so why not?

As I said Saturday was a nice day, so we went walking around, looking for random stuff that I didn't bring from Switzerland. We passed by some shoes shop, where I learned that I am actually LARGE size for Japanese standards. How is that possible? My shoes size in Europe is 38, which is considered small!

So far, I haven't been able to find any shoes that a) I would wear, and b) would fit me, in the limited "special large sizes" selection at the shops. Here, the shoes sizes are in centimeters. My foot is 23,5 or 24cm, but it is considered too big! Most of the shops do not even have size 24 for most models.

I still have no shoes, but will keep on trying. Feels weird to have to search for stuff in the special "large sizes" section, though.

Wednesday, February 11, 2009

the fear...

I don't know what's right and what's real anymore
I don't know how I'm meant to feel anymore
When do you think it will all become clear?
'Cuz I'm being taken over by The Fear

Monday, February 9, 2009

Crazy for you - Adele

Found myself today singing out loud your name,
you said I'm crazy,
if I am I'm crazy for you.

Sometimes sitting in the dark wishing you were here
turns me crazy,
but it's you who makes me lose my head.

And every time I'm meant to be acting sensible
you drift into my head
and turn me into a crumbling fool.

Tell me to run and I'll race,
if you want me to stop I'll freeze,
and if you are me gonna leave, just hold me closer baby,
and make me crazy for you.
Crazy for you.

Lately with this state I'm in I can't help myself but spin.
I wish you'd come over,
send me spinning closer to you.

My oh my, how my blood boils, it's sweet taste for you,
strips me down bare
and gets me into my favourite mood.

I keep on trying, fighting these feelings away,
but the more I do,
the crazier I turn into.

Pacing floors and opening doors,
hoping you'll walk through
and save me boy,
because I'm too crazy for you.
Crazy for you

Thursday, February 5, 2009

Don't try so hard

If you're searching out for something -
Don't try so hard
If you're feeling kinda nothing -
Don't try so hard
When your problems seem like mountains
You feel the need to find some answers
You can leave them for another day
Don't try so hard
But if you fall and take a tumble -
It wont be far
If you fail you mustn't grumble -
Thank your lucky stars
Just savor every mouthful
And treasure every moment
When the storms are raging round you
Stay right where you are
Don't try so hard
Oooh don't take it all to heart
Its only fools they make these rules
Don't try so hard
One day you'll be a sergeant major
Oh you'll be so proud
Screaming out your bloody orders
Hey but not too loud
Polish all your shiny buttons
Dressed as lamb instead of mutton
But you never had to try
To stand out from the crowd
Oh what a beautiful world
Is this the life for me
Oh what a beautiful world
Its the simple life for me
Oh don't try so hard
Oh don't take it all to heart
Its only fools - they make these rules
Don't try so hard
Don't try so hard